Alinhador Transparente x Autoligado. Entenda as principais diferenças

Quem procura alinhar os dentes, pode se deparar com o dilema: alinhador transparente x autoligado. Afinal, qual é a melhor opção para o tratamento?

Para responder essa pergunta, a primeira coisa é a diferença entre os dois. Isso, porque ambos são excelentes métodos de alinhamento e se diferem dos tradicionais.

Os aparelhos convencionais, além de serem esteticamente desfavoráveis por conta dos braquetes metálicos e borrachinhas coloridas, também são mais dolorosos e realizam mudanças no sorriso com a menor velocidade.

Se você quer aprender tudo sobre as possibilidades de tipos de tratamento ortodôntico, está no lugar certo. Vamos fazer um verdadeiro comparativo entre Alinhador Transparente x Autoligado para te dar um norte de qual escolher.

 

Alinhador Transparente: características e funcionamento

O alinhador transparente é uma das principais soluções para má oclusão dental, por ser eficiente e esteticamente agradável.

Agora, por ser um aparelho ortodôntico relativamente novo ao mercado, é de se esperar que ainda existem muitas dúvidas a respeito do funcionamento e vantagens.

 

Como o alinhador transparente funciona?

Com a ajuda de softwares que preveem a movimentação dos dentes no tratamento, o alinhador transparente é modelado a partir de modelos digitais da arcada dentária do paciente.

Sendo assim, são produzidos com base em previsões de quantas placas serão necessárias para o procedimento, bem como o intervalo de tempo ideal entre as trocas.

Isso porque, por serem resistentes, as placas tentam gradativamente retornar à posição original assim que são fixadas à arcada dentária (inclusive, é a característica que faz o aparelho alinhar os dentes).

Para garantir os resultados do tratamento, é preciso trocá-las quando não resistirem mais à posição, que costuma ser a cada duas ou três semanas — além de usá-las por 22 horas diárias.

Caso esse requisito não seja cumprido, os resultados do tratamento podem não ser satisfatórios.

O procedimento é bem fácil, tanto que é possível até realizar outros procedimentos simultaneamente, como o clareamento dental.

Entretanto, é importante ressaltar que exige comprometimento com as consultas e uso das horas indicadas pelo especialista.

 

Aparelho Autoligado: características e funcionamento

O aparelho ortodôntico autoligado é uma das principais soluções para problemas de má oclusão dental, já que promove expansão na arcada dentária, tratamento discreto e mais confortável.

Apesar disso, muitas pessoas ainda encontram semelhanças com o aparelho convencional ou sequer sabem diferenciar.

Então, fique atento pois a seguir vamos esclarecer suas dúvidas a respeito do aparelho autoligado. Preparado?

 

Como o aparelho autoligado funciona?

O funcionamento é diferente do convencional, pois prende o fio ortodôntico sem o auxílio das ligaduras elásticas (borrachinhas). Desta forma, é esteticamente mais agradável e ainda tem resultados mais eficazes.

Vamos te explicar melhor isso…

Os braquetes podem ser metalizados ou transparentes. No caso dos invisíveis, a cor não é alterada do início ao fim do tratamento. Ou seja, não há necessidade de restrição alimentar ou de bebidas para não “amarelar”. Além disso, as peças são muito duráveis.

Os resultados ainda podem ser acelerados. Pela ausência das borrachinhas, o atrito é menor, o que facilita a movimentação dentária, permitindo alterações sem desconforto.

Outro ponto de destaque é o fio termoativado, que potencializa o tempo de eficácia. Como está em constante contato com o calor da boca, faz efeito por mais tempo, o que permite que a quantidade de visitas ao dentista seja bem menor.

Agora, chegou a hora da verdade. Você já sabe como funciona o alinhador invisível e o aparelho autoligado, mas quem ganha na batalha Alinhador transparente x Autoligado?

 

Alinhador Transparente x Autoligado: diferenças

Por mais que tenham o mesmo objetivo de alinhar os dentes de maneira confortável e garantir um sorriso ainda mais lindo, há diferenças entre as duas opções.

Entenda mais e escolha a melhor para você.

 

Alinhador Transparente x Autoligado: praticidade

Embora o aparelho autoligado seja esteticamente agradável, devido a sua transparência, ele não é removível. Os braquetes do modelo são fixados nos dentes.

Por outro lado, o alinhador pode ser facilmente removido durante certos momentos do dia, como a hora de realizar refeições.

Mas não se esqueça que ele só pode ser removido por duas horas do dia, ultrapassar esse limite pode comprometer os resultados do tratamento.

 

Alinhador Transparente x Autoligado: frequência de consultas

É difícil atribuir um tempo exato de tratamento a qualquer procedimento, especialmente ao com alinhador transparente, visto que vai depender do problema ou incômodo do paciente, bem como a estratégia adotada pelo dentista.

Porém, de maneira geral, enquanto o alinhador transparente pede por visitas frequentes ao dentista para trocar as placas do dispositivo, o aparelho ortodôntico autoligado exige consultas em torno de 40% menos frequentes.

O uso de fio termoativado permite que as consultas de rotina ao dentista sejam mais espaçadas, o que torna a opção muito positiva para quem tem uma rotina movimentada de trabalho ou estudos.

 

O melhor em questão de economia (de tempo e dinheiro)

Ao escolher um tratamento dentário, vale pensar na economia de tempo e dinheiro, viu? Afinal, além do custo do aparelho em si, você precisa pensar no deslocamento para chegar até as sessões de manutenção.

 

O melhor em questão de estética

Ambos os aparelhos são extremamente discretos. Porém, ao usar o alinhador transparente, literalmente, parece que não está realizando tratamento alguém. É invisível de verdade.

 

O melhor em relação ao tempo de tratamento

Na batalha Alinhador Transparente x Autoligado, vale a pena deixar claro que não há uma resposta muito precisa. Afinal, tudo depende do tipo de má oclusão e da disciplina do paciente.

De forma geral, o uso de alinhador transparente tem média de 8 meses. Em contrapartida, o aparelho autoligado pode demorar um pouco mais, em torno de 18 meses.

 

tratamento dentário

 

Alinhador Transparente x Autoligado: valores

Os valores de um procedimento sempre têm grande peso na decisão de realizá-los ou não, com aparelhos ortodônticos não seria diferente.

Na discussão ‘alinhador transparente x autoligado’, sabe-se que o alinhador pode ser bem custoso que o aparelho autoligado, justamente pela reposição constante de placas durante o tratamento e pela estética oferecida.

 

Escolha um profissional adequado para o tratamento

Vale ressaltar que, além de comprometimento por parte do paciente, o profissional também tem grande peso no resultado do sorriso.

O dentista deve elaborar uma estratégia bem pensada e levar em consideração os hábitos do cliente para indicar a melhor alternativa.

Então além de você escolher o método de ortodontia que quer, precisa encontrar um ortodontista de confiança e que ofereça qualidade de atendimento.

Para quem procura por uma assistência odontológica em Santos, vale a pena conferir o consultório particular da Dra. Thais Campregher, que está há mais de 19 anos no mercado odontológico.

Com uma equipe altamente especializada a seu dispor, você pode aproveitar atendimento personalizado e, principalmente, humanizado.

A doutora elabora o melhor plano de tratamento respeitando as vontades do paciente e levando em conta o que será mais eficaz para o caso.

 

CONCLUSÃO

Entre alinhador transparente x autoligado é importante entender que ambos têm suas próprias vantagens e desvantagens.

São duas ótimas opções de tratamento e o produto ideal varia de quem pergunta, já que a melhor escolha deve se adequar a sua rotina. Converse com seu dentista para entender melhor o que vai funcionar para você.

Para fazer bom proveito do seu tempo, procure conhecer a Clínica Ortodôntica da Dra. Thais Campregher!

Gostou do artigo? Continue acompanhando para saber mais sobre o mundo da ortodontia!

Compartilhe com os amigos!
Voltar

Fale por whatsapp(13) 98148-4840